Pixel por pixel


Fascinação, perfeccionismo, mania ou mesmo chatice: Chame como quiser, mas sou louca por eles. Toda a diferença, notados quando em conjunto, pela maioria; unitariamente, por mim, são indispensáveis, mais do que isso: Fundamentais.
O orgulho de um desenho, a perfeição de um origami, uma demonstração de afeto: Eles permitem tudo isso. Mesmo os mais práticos, apressados ou mesmo insensíveis são capazes de perceber a falta que eles fazem quando sua ausência é fatalmente decretada (um desatino, uma falta de sanidade estupenda, um horror!).
Sim, motivo para estresse supremo desprezá-los. Quando ausentes, as reclamações aparecem, mas basta que seja necessário um pouco de trabalho e pronto: Uma cascata de justificativas para não usá-los (como se fosse possível).
Uma cor, uma preferência, uma música ou mesmo um sinal: Volte teus olhos para eles e serás recompensado.
Ah, Detalhes... Como viver sem?



02/01/2012

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre ser o teu amanhã perfeito, hoje.

Sobre resgate

E ai, qual vai ser?