Mais uma de saudade

Escrevo as lágrimas que não caem de meus olhos imersos em saudade. Futura e sentida saudade que invadirá meu peito num futuro certo, nada distante (a uns quilômetros daqui, de lá). Lágrimas já escritas, mas que teimam em descer por meus dedos e forçam-me a novas palavras.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre ser o teu amanhã perfeito, hoje.

Sobre resgate

E ai, qual vai ser?