Danousse

Borboletas no estômago e peixeira na mão
Maria bonita amava Lampião e nunca deixou de ser mulher arretada
Porque amor não te torna boba
Muito menos avoada
Quem inventa tais asneiras
É caba sem vergonha que quer deixar mulher apaixonada cega por ele
Mas há tempos que mulher manda na vida
E se apaixonada ai que mais forte fica
Vira Lisbela
Vira Tieta
Gabriela
Rosinha
Mulher pode ser mãe, pode ser pai, cangaceira, engenheira, fotógrafa, astronauta...
Pode ser o que ela quiser
E ai se for mulher nordestina é que lascou-se
Tanto forró
Tanto cuscuz
Tanto borogodó
Faz qualquer desejoso por mulher
Se perder em seus olhos, suas curvas, perder seu chão
Quando descendente de mulher casada com Lampião
Aparece em tua frente
Passa do teu lado
Deixa seu perfume
Te olha dissimulada
Te faz perder a pose
Lembrar da sapatilha
Compor um blues
E até francês falar
É pai... cuidado
Tem jeito não
E se ainda for Baiana
Danousse
Ela já levou teu coração
E tu tá ai lendo essa poesia
Morrendo de amores
Se perg…

Tomada que chove, chuva que dá choque

O mundo se contradiz a cada passo que dá e as pessoas alucinadas pela liberdade e racionalidade se perdem entre o que há de mais incerto e se contradizem junto com ele, como se lutassem contra a mesma força com a qual se aliam para derrotar. Vejo o extremismo atuando nos palcos e ditando as regras, vejo quem é contra duas piadas enquanto se deleita com as outras cem do mesmo canal de vídeos... qual o sentido? Ou melhor, mais importante, pra que? Lute pelo seu ideal... eu posso está errada, mas até hoje não vi um extremo deixar alguém feliz.
Entre, está chovendo, você quer ficar gripada?
Mas mãe, tá tão bom aqui, daqui a pouco entro...
Tá chovendo, minha filha, você vai ficar doente! Pode até acontecer um acidente...
Mãe, deixa, por favor, aqui nem sempre chove, adoro brincar na chuva!
Não faz bem à saúde filha, entre!
Mããe... 
poças de lama... gotas e gotas de chuva, bola, bicicleta... quando ela tinha sido tão feliz?!
Mãe? mãããe, A chuva passou.
Chão sujo de lama, sorriso esplendoroso no rosto, cansaço arrebatador... rosto ao chão, olhos fechados, secador na pia...
5 min
Fi-filha? 
Mãããããe...
Filha o que aconteceu?
Pai...
Amor, você levou um choque... mais uma vez usando o secador no banheiro, não foi? Um dia isso ia acontecer, graças a Deus foi nada demais.


É muito "resguardo de fato, comendo tripa", nesse mundo de Meu Deus...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre resgate

Sobre ser o teu amanhã perfeito, hoje.

E ai, qual vai ser?