Telescópio

Involuntário medo não é a decisão  mais primorosa
mas o tenho, não sou feita só de primor, veja bem...
a sensação de não caber em mim
faz-me sentir não pertencente a onde estou
rezo a Deus a pedir ajuda, a suplicar Sua presença
até no sono cair.
incondicional Amor O tenho, como afinal deveria ser?
diante de prova maior: o sofrimento, a morte, para que Seus filhos pudessem viver.
nos meus dias, sim acho-me acolhida quando me encontro perdida ao olhar pro espaço
ou ao menos meu arredor, se daqui a beleza, os olhos, cega, imagine de lá?
wow!
De algum astro a visão deve ser inimaginável,
talvez eu pertença a outro lugar
acima daquela estrela, à esquerda do satélite, acima das nuvens...
acima da minha mente,
além do que vejo,
além do que penso,
além
do que um dia, como carne humana,
fui (e serei) capaz de pintar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre ser o teu amanhã perfeito, hoje.

Sobre resgate

E ai, qual vai ser?