Divisão de papéis


(...) O incerto e o efêmero eu trato com outros sentidos, não menos importantes, não menos necessários, mas o coração precisa da entrega da alma, do amor como deve ser em sua totalidade.
Assim, quando pra casa volto, ele continua dormindo até que por obra do destino um dia possa acordar... quando puder ser pleno, quando puder se entregar, quando quiser ser tudo e metade.

"When i have little hands again, i'll be happy"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sobre ser o teu amanhã perfeito, hoje.

Sobre resgate

E ai, qual vai ser?